Pós-Química

Postado em 16/02/2021 por Kamilla Barbosa

Mais de 60% das brasileiras realizam tratamentos químicos nos cabelos, segundo dados da Kantar (referentes a 2018). “Tais procedimentos afe­tam as propriedades mecânicas, gerando danos na fibra capilar e, consequentemente, comprome­tendo a arquitetura original do cabelo”, ressalta Milett Quintero, coordenadora de Marketing e Comunicação da Novachem – distribuída com exclusividade no Brasil pela Dinaco.

Carlos Sica, gerente de Con­tas Internacionais Novachem, aponta que frizz, pontas duplas e perda dos fios são as principais queixas entre as jovens. “Com o aumen­to da idade, entram na lista os cabelos grisalhos e com pouco volume”, diz. “Para reativar o ciclo de crescimento capilar após trata­mentos químicos, o ingrediente ativo Capilmax™ estimula a ação do bulbo piloso, revitalizando o cabelo desde a raiz”, menciona Sica. Além de tratar o couro cabeludo, o ativo tem ação antipoluição e aumenta a espessura do fio, “resultando em 33% mais volume”.

O ativo pós-biótico Extracell™ Plex aumenta a resistên­cia do cabelo profundamente danificado. Criado pela Nova­chem por meio de biotecnologia, o ativo é desenvolvido a partir de leveduras das uvas Malbec do sul da Argentina e produzido com upcycling: o bagaço de cana-de-açúcar da indústria canavieira é usado para alimentar as leveduras.

“A vantagem do Extracell™ Plex é a reconstrução da fibra capilar. Testes in vivo a 2% em um tratamento pós­-descoloração evidenciaram resultados significativos: reconstrução em 65% da fibra capilar em cabelos profun­damente danificados. Por adicionar KAPs e reconstruir as pontes dissulfeto, oferece maior resistência às proteínas do cabelo”, afirma. Outros benefícios mencionados por Sica são a recuperação da tenacidade e da força dos cabelos naturais em 100%, “além de mais 40% de resistência ao estresse mecânico”.

Fonte: Edição Temática Digital – Fevereiro de 2021 – Nº 59 – Ano 16

https://www.cosmeticsonline.com.br/materia/163

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *