Maquiagem ou Skincare?

Postado em 04/03/2022 por Kamilla Barbosa

Emerson Dorigon, coordenador de negócios da Dinaco, distribuidora da Lubrizol Life Science Beauty no Brasil, reforça que o mercado está pedindo maquiagem com benefícios de tratamento para a pele, apontando que, segundo a Mintel, 46% das mulheres dos EUA que usam produtos de maquiagem desejam que eles também beneficiem sua pele. “Como sabemos que a maquiagem pode interferir na oxigenação da pele, um ativo que auxilie no aporte de oxigênio e potencialize sua respiração poderia ser agregado a um primer, por exemplo, e melhorar tanto o aspecto quanto a sensação de a pele respirar. Também poderia ser usado em uma linha de produto pós-maquiagem como um demaquilante”, explica.

Emerson Dorigon
coordenador de negócios da Dinaco

Naturalmente, a pele recebe continuamente um aporte de oxigênio para realizar suas funções biológicas. Com o envelhecimento, os mecanismos de microcirculação cutânea ficam alterados, levando a uma oxigenação deficiente. Segundo Emerson, uma solução é a prática de ioga, que leva a uma maior consciência da nossa respiração e, aos poucos, à ampliação da capacidade pulmonar. “Assim, com maior entrega de oxigênio ao tecido, a ‘pele de ioga’ fica mais luminosa e de aparência saudável. Buscando estes mesmos benefícios, a Lubrizol desenvolveu o ativo Oxylance™ advanced botanical ingredient”.

Emerson conta que cientistas descobriram que tibetanos, que vivem em altas altitudes, se adaptaram à hipóxia com um sistema de otimização do fornecimento de oxigênio. E estudando as propriedades da Ligustrum lucidum, planta típica de altas montanhas onde há ar rarefeito e depleção de oxigênio, chegaram ao extrato botânico que imita a adaptação genética tibetana às condições de hipóxia.

O ativo botânico Oxylance™ é obtido por tecnologia de água subcrítica, em processo que dispensa o uso de solventes convencionais, proporcionado uma extração mais rápida, sem degradação térmica e com alta concentração de fito ativos. Nos testes, de acordo com Emerson, voluntárias que usaram o produto reportaram melhora na aparência geral da pele, com maior brilho, diminuição de linhas finas e rugas e menor rugosidade, além de uma sensação de bem-estar e felicidade, proporcionada pelo aumento da oxigenação da pele. “O look de ‘pele de ioga’ que os maquiadores tentam imitar agora está ao alcance das consumidoras brasileiras”.

*Este artigo foi publicado pela Dinaco na Cosmetic Innovation em 24 de fevereiro de 2022. https://cosmeticinnovation.com.br/maquiagem-ou-skincare-produtos-hibridos-aliam-o-melhor-das-duas-categorias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *